10 Perguntas frequentes e respostas em uma entrevista de emprego

Perguntar é a maneira mais antiga de obter informação sobre algo ou alguém na indagação está a chave para conhecer o mundo como o conhecemos. E você, como qualquer pessoa, é um mundo desconhecido para o seu recrutador.

As empresas já conhecem o seu currículo, por isso, quando você é chamado para uma entrevista de emprego, querem conhecê-lo mais profundamente em nível profissional e pessoal, para saber se você é o candidato ideal para o cargo.

O recrutador fará tudo o que for necessário para aproveitar ao máximo a entrevista de emprego, para perguntar sobre aspectos relevantes da sua vida, formação, atitudes, habilidades, etc.

Mas ele não fará perguntas ao acaso. Na verdade, cada departamento de recursos humanos costuma ter sua própria estrutura de perguntas investigativas para a atividade ou cargo que estão oferecendo.

O exemplo de entrevista abaixo o ajudará a conhecer as perguntas frequentes em uma entrevista de emprego para preparar-se da melhor maneira para este momento. Conhecendo estas 10 perguntas e respostas essenciais e preparando-se corretamente, as suas possibilidades de obter o cargo aumentarão exponencialmente.

Perguntas e respostas em uma entrevista de emprego

1. Conte-nos sobre você e suas experiências

Esta pergunta básica em uma entrevista de emprego pode ser feita de outras maneiras “Conte-me quem você é”, “Conte-me sobre a sua experiência”, “Se você não fosse você, como se apresentaria?” “Conte-me o que você faz”. Este é o momento para expressar livremente o que você pensa sobre si e para mencionar aquelas coisas que determinam você como pessoa e como profissional.

Seja conciso e evite desfazer-se em elogios ou menosprezar-se para não parecer arrogante, já que os extremos não são recomendáveis neste caso. Busque o equilíbrio entre os dois pólos e aproveite esta pergunta durante a entrevista de emprego para dizer no que você é bom, o que gosta de fazer, quais as suas experiências profissionais e pessoais, mencione tudo o que possa descrevê-lo como pessoa e profissional.

Aconselhamos que comece a responder esta pergunta em ordem cronológica, iniciando pelo seu nome e citando cada uma das experiências e coisas aprendidas nos anos anteriores até chegar às mais recentes. Desta maneira, o recrutador poderá acompanhar melhor a sua trajetória.

Não esqueça de acrescentar informações sobre o que você gosta, o que aprendeu e o que gostaria de aprender, já que são pontos que podem interessar ao seu recrutador.

2. O que você sabe sobre a nossa empresa?

Em um mundo como o de hoje, você deveria ter indagado sobre a empresa para a qual está se candidatando.

Uma maneira de identificar-se e ganhar pontos com o seu recrutador na entrevista de emprego é saber detalhes relevantes sobre a empresa à qual está se candidatando.

Busque informações na internet sobre as suas atividades e lembre dados relevantes que demonstrem o seu interesse pela empresa.

3. Por que você quer este trabalho?

Além da óbvia necessidade de remuneração ou do prestígio da empresa que o motivaram a participar da entrevista, exponha alguns detalhes adicionais que o motivem a ocupar o respectivo posto de trabalho. É uma empresa com sedes em outros países e você é motivado pela possibilidade de viajar? Você gosta dos valores da empresa? Você se interessou pelo dinamismo em nível de comunicação? Os métodos utilizados em engenharia chamaram a sua atenção? Então mencione isso.

São muitos os aspectos avaliados em uma entrevista de emprego, por isso você pode aproveitar essas perguntas em uma entrevista para mostrar o seu interesse e conhecimento sobre a empresa. As empresas, em grande maioria, necessitam de pessoas com garra para enfrentar desafios que os façam crescer. Assim, a organização também se considerará beneficiada.

4. Por que deveríamos dar esse emprego a você e não a outro candidato?

Esta é uma pergunta em uma entrevista de trabalho que você não deve responder superficialmente. Recorde a oferta à qual se candidatou e conecte-a com os seus pontos fortes que correspondem ao que está sendo oferecido.

Se uma empresa necessita um administrador, mencione as capacidades, habilidades e/ou valores que o definem e que possam ser essenciais para ocupar o respectivo cargo.

Responda com honestidade, com segurança e concentre-se em si mesmo. Isso será muito valorizado pela pessoa que está realizando a entrevista de emprego.

5. Quais os seus pontos fortes ou virtudes?

Aproveita para falar sobre o que torna você especial e o que o define. É apaixonado? Fala outro idioma? Mesmo que essas informações já se encontrem no seu currículo profissional ou no sua carta de apresentação, aprofunde-as, cuidando para não estourar o ego.

6. Quais os seus pontos fracos ou defeitos?

Em uma entrevista de emprego, esta pergunta é praticamente uma constante, sendo uma oportunidade de ouro para demonstrar a sua sinceridade na sua mais clara expressão.

Nem sempre é simples nos auto-analisarmos e mostrar-nos vulneráveis, mas a sua resposta a esta pergunta pode ser determinante para conseguir o emprego.

Imagine que você é perfeccionista. Então dê a sua resposta e mencione um benefício que você obtém sendo assim. O que a maioria vê como um defeito por excesso de exigência, serve para que o seu trabalho gere melhores resultados.

Assim você transforma um defeito em uma virtude. Se você for incompetente em determinada área, responda isso sem artifícios, mencionando que você gosta de aprender e que aceita com humildade que os outros te ensinem um conhecimento específico.

Observação: se o teu defeito é não ser pontual, não há nenhuma vantagem nisso.

perguntas frequentes em entrevista de emprego

7. Você gosta de trabalhar em equipe?

Esta é uma pergunta fechada em cuja resposta é quase impossível mentir. A resposta é “sim” ou “não”. Portanto, se você não gosta de trabalhar com outras pessoas, responsa sinceramente.

Claro que você deve avaliar o custo de dar uma resposta ou outra, mas pense no seguinte: se você não gosta de trabalhar com outras pessoas, a sua permanência nesta empresa seria curta.

No entanto, há momentos em que as opções são escassas e a necessidade é premente. Nesses casos, responda com abertura. Você pode dizer que nem sempre você gosta de trabalhar com mais pessoas e que há contextos em que o faria sem inconveniente algum.

8. Por que está tanto tempo sem emprego?

Refira o fato de não ter conseguido emprego de maneira que a sua resposta potencialize a percepção que o recrutador terá com relação a você.

Por exemplo, se você participou de diversas entrevistas e nenhuma o convenceu, mencione o fato de que estava esperando uma oferta motivadora que correspondesse aos seus valores e talentos.

Se, por outro lado, você não tem tido sorte e não foi chamado por nenhuma empresa porque há pouca oferta de trabalho, mencione o fato de que está procurando e a dificuldade de encontrar emprego no seu ramo. Contudo, aproveite para informar que aproveitou o tempo que está desempregado para melhorar as suas habilidades lendo, realizando cursos, para se auto-conhecer ou fazendo qualquer outra atividade que sirva para o seu desenvolvimento.

Se falar com sinceridade e coerência, isso será muito valorizado.

9. Por que quer trocar de emprego?

Esta é uma pergunta que às vezes é difícil de responder, mas para a qual você deve ter uma resposta pronta. Tome muito cuidado ao responder sobre o seu emprego atual. Veja bem, é aqui que se avalia a lealdade e o respeito que você demonstra pela empresa ou pelos chefes para quem trabalha.

Mencione o fato de que está em busca de novos desafios profissionais, de crescer, de uma nova missão, de subir na carreira, mas nunca fale mal do local onde trabalha ou tenha trabalhado.

Se você tiver recentemente aceitado uma oferta de trabalho ou vagas de emprego, mas não está satisfeito com a sua escolha (seja porque não gosta da missão, da equipe, do relacionamento), não há problema, todos somos humanos e erramos muitas vezes nas nossas escolhas. Como dizem “Para gostar tem que provar”, por isso, assuma o fato de ter tomado a decisão e demonstre a vontade de encontrar algo que se ajuste melhor ao que está procurando.

10. Quanto quer ganhar?

Claro que você quer ganhar tanto dinheiro quanto possa imaginar, mas sejamos honestos, é muito pouco provável que isso aconteça neste emprego.

Portanto, pesquise quais são os salários pagos em outras empresas para o cargo a que você está se candidatando e faça uma média. Se você recentemente teve ou tem um emprego atualmente, utilize esse valor como referência para mencionar uma cifra um pouco mais alta. Você não perde nada por arriscar.

Este é um exemplo de entrevista típica, portanto, pratique essas 10 perguntas que não faltarão na entrevista de emprego e consiga o emprego que procura.

5 - 4 votos